html site templates

DESIGN AGAINST MEDIOCRITY & NIHILISM


"O marketing atual não está funcionando. Novos produtos fracassam a uma velocidade desastrosa. A maioria das campanhas de propaganda não registra nada de especial na mente dos consumidores. A maioria dos produtos é vista como mercadoria substituível, em vez de marcas poderosas...
A maioria das empresas escolhe o caminho mais fácil para colocar suas marcas no mercado. Elas compram espaços caros e fazem afirmações clichê."

Quem disse isso não fomos nós. São palavras de Philip Kotler, o pai do Marketing, no prefácio do livro Brand Sense, de Martin Lindstrom, mas que traduzem perfeitamente o que acreditamos aqui,

Resolvi criar a Damn depois de anos trabalhando em agências de publicidade, e ver marcas gastando muito dinheiro em mídia para apresentar soluções inexpressivas, irrelevantes para o cotidiano do consumidor. Basicamente, vencer pelo cansaço.

Isso, é o que não fazemos aqui. Aqui seguimos um modelo que acredito ser o mais pertinente para o mercado criativo atual e futuro. Dizem que em tempos de crise, é preciso manter os pés no chão. Bom, estamos nascendo em meio a uma das maiores crises da história do nosso país. E acreditamos que não é possível voar mantendo os pés no chão.   

Aqui  buscamos através da criatividade, ajudar a construir a percepção de marcas relevantes e de impacto real na comunidade onde estão inseridas. Questionando o comum, reavaliando atitudes e botando em cheque o tradicional. Ser criativo é regra, tanto pra nós, quanto para os clientes, uma regra que jamais iremos abrir mão independente do tamanho do projeto.

Acreditamos que as marcas devem sim se posicionar para serem ouvidas e assim fazerem parte da vida dos seus consumidores e da comunidade. Nosso objetivo é criar identificação, e por isso resolvi desde o começo basear nosso trabalho nos nossos ideais.

Não somos uma agência, mas um estúdio descomplicado, sem burocracia, que entende o momento de cada empresa e a comunidade em que ela está inserida, onde cliente e criativos têm um relacionamento mais dinâmico durante todo o processo e que acredita que todos devem ter a mesma paixão pelo projeto desenvolvido.

Durante muito tempo ouvi dizer que é preciso saber jogar o jogo. Mas é preciso também saber a hora de mudar o jogo. De propor soluções diferenciadas e de adaptar velhos hábitos ao momento em que vivemos.

Trabalhamos por uma comunidade melhor e além de não aceitar projetos ou clientes relacionados a qualquer forma de discriminação ou preconceito nos vemos na obrigação de educar os clientes e nos retirar de projetos que vão contra a nossa filosofia. E levamos isso tão a sério que colocamos no nosso contrato.

Além disso, não participamos de concorrências especulativas, não apoiamos nenhum partido e não trabalhamos com governos ou política, independente de posicionamento e ideologia. 

Assim, buscamos criar um ambiente favorável à criação de grandes ideias. Aquelas que realmente impactam de uma forma positiva a vida do consumidor. Aquelas que são comparilhadas não só nas redes sociais, mas nos almoços de família ou nas rodas de amigos. Ideias que ajudam a construir marcas de personalidade. Idéias que, quando você vê na rua, exclama em alto e bom inglês:

DAMN!

por Guilherme Rubini.

Design against mediocrity & nihilism.
Fundado em julho de 2019.

 



Newsletter

Em breve começaremos a enviar nossa newsletter com cases, dicas e outras novidades.

Siga nossas redes sociais